De que se morre no Séc. XXI ??

De que se morre no Séc. XXI ??

Neste momento o mundo está obnubilado por uma pandemia que, parece, está a causar a morte de muita gente. Há medo, para muitos mais suceptíveis há pânico, os governos andam à deriva com medidas estranhas, desproporcionadas, porque um vírus infecta, transmite-se, provoca doença e em alguns casos mata. Gostaria neste artigo de explorar um pouco as causas de morte mais relevantes no mundo. Isto é, porque razão morremos??!! Sabemos que a vida tem um limite, que só raríssimas vezes ultrapassamos o século, mas vejamos o que desencadeia esse desenlace fatal.

Analisemos o WORLDLIFEEXPECTANCY em WORLD HEALTH RANKINGS 

  1. Se nos países menos desenvolvidos as infecções são a principal causa de morte, na maioria dos países mais desenvolvidos a primeira causa de morte são a as Doenças Cardio-vasculares, isto é os Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC) e os Enfartes de Miocárdio. Todos sabemos que estes últimos não atingem propriamente os idosos mas sim pessoas nos seus 40s, 50s e 60s. A doença das artérias coronárias interfere realmente com a esperança de vida do ser humano. Os AVCs no adulto jovem são muito raros, causados sobretudo por roturas de aneurismas ou embolias cerebrais com ponto de partida cardíaco, mas também por lesões vasculares precoces provocadas por uma diabetes de início na adolescência ou mesmo na infância.
  2. Em muitos Países, como a Austrália, Austria, Suíça, Suécia, Dinamarca, por exemplo, aparecem, como segunda causa de morte, os Alzheimers & Demência.  Estas causas de morte são o apanágio dos idosos salvo raras excepções. De notar que já não se escreve no certificado de óbito "morreu de velho" como acontecia antigamente. 
  3. Imediatamente a seguir aparecem as Doenças Pulmonares Crónicas na maioria dos Países e Portugal não é excepção
  4. Segue-se a Diabetes com as suas complicações

Assim temos no nosso País

  1. AVCs 
  2. Doença Cardíaca Coronária 
  3. Alzheimers & Demência
  4. Penumonias, bacterianas ou víricas (influenza)
  5. Doenças Pulmonares
  6. Diabetes
  7. Cancro do Cólon e Recto

Se olharmos para estas causas de morte vemos que, retirando os Alzheimers & Demência, as Doenças Cardio-Vasculares (nas quais se incluem os AVCs) são predominantes e responsáveis por cerca de 25.000 mortes por ano. As neoplasias começam a aparecer a partir da 7ª posição com o Cancro do cólon e Recto

Deparamo-nos assim com causas de morte cuja correcta profilaxia pode reduzir o seu impacto na nossa sociedade. As Doenças Cardio-Vasculares, as Doenças Pulmonares Crónicas (DPOC) e o Cancro têm que ser prevenidos a todo o custo.

Actualmente, depois de todas essas causas de morte, aparece na 8ª posição a COVID (óbitos com testes PCR positivos, para ser mais precisa) com menos de 4.000 óbitos à data de hoje e  atingindo sobretudo as idades mais propensas às causas de morte 1., 3., 4. e 5.

Onde quero chegar com esta análise?

Pretendo realçar a imensa importância da Medicina Preventiva nas Doenças Cardio-Vasculares, Pulmonares e no Cancro.

Descurar esta Medicina Preventiva alegando que existe uma pandemia COVID é extremamente grave e de indubitável negligência, muitas vidas vão ser ceifadas prematuramente, nunca chegarão à idade de desenvolver Alzheimer ou Demência Senil, doenças degenerativas cerebrais, contra as quais nada podemos pois são a inevitável involução, com a idade, da matéria orgânica de que somos feitos. São, em última análise a consequência do prolongamento da esperança de vida e da protecção da saúde. 

Data: 
23 Nov, 2020
1,466 leituras