COVID-19 Como se Proteger

Este texto é inspirado nos conselhos dos Serviços de Saúde Pública suecos. Não por serem suecos nem por achar que a Suécia é um exemplo mas muito simplesmente porque correspondem aos conselhos que eu daria a todo o povo português se tal tarefa me tivesse sido incumbida. São muito parecidos aos da nossa DGS mas um pouco mais completos, mais precisos.

GRUPOS  EM  RISCO  DE  DOENÇA  GRAVE

Muitas pessoas podem sofrer uma penumonia grave se forem infectadas pelo vírus SARS-COV-2.

O risco de doença grave e morte aumenta gradualmente com a idade. No caso de doenças concomitantes o risco também aumenta grandemente.

SE  PERTENCE  AO  GRUPO  ETÁRIO  70 ++

Além da sua idade, as seguintes doenças vão aumentar o risco de adoecer gravemente:

  1. Transplante de órgãos
  2. Neoplasias hematológicas (leucemias, linfomas, por exemplo)
  3. Doenças neurológicas como Parkinson, miastenia gravis
  4. Obesidade (o risco aumenta com o grau de obesidade)
  5. Diabetes e Hipertensão Arterial (o risco é mínimo se estiverem bem controladas)
  6. Doenças Pulmonares crónicas
  7. Tratamento oncológico em curso
  8. AVC e demência
  9. Imunodepressão causada por doença ou tratamento
  10. Doenças do fígado
  11. Insuficiência renal
  12. Doenças cardio-vasculares

SE  TIVER  MENOS  DE  70  ANOS

É também considerado grupo de risco se tiver qualquer das doenças enumeradas acima ou se tiver qualquer problema de saúde que possa ser agravado por uma infecção respiratória.

AS  CRIANÇAS  NÃO  SÃO  CONSIDERADAS COMO  CORRENDO  O  RISCO  DE  DOENÇA  GRAVE

Mesmo sofrendo de qualquer das patologias enumeradas acima como sendo factores de risco para os adultos, é raro que uma criança desenvolva uma doença séria, porém, neste caso, aconselha-se contactar  o médico assistente que é a pessoa competente para aconselhar os cuidados a ter.

COMO  DIMINUIR  O  RISCO  DE  INFECÇÃO

Se pertence a um grupo de risco, aconselhe-se com o seu médico do tratamento preventivo e mantenha o seu tratamento habitual escrupulosamente correcto.

  1. Mantenha uma distância física de pelo menos 1,5m do seu interlocutor, a menos que seja alguém que vive consigo.
  2. Socialise exclusivamente no exterior. O risco de infecção é menor se estiver ao ar livre mas não esqueça de manter a sua distância de segurança
  3. Evite lugares onde entram muitas pessoas.
  4. Evite os transportes públicos tais como autocarros, combóios e metro. Viage de carro ou em transportes com lugar marcado em que é mantida uma distância de segurança.
  5. Peça ajuda para compras de supermercado, para ir à farmácia ou outros lugares onde entram muitas pessoas e pode favorecer um contacto muito próximo.
  6. Lave as suas mãos com sabão e água muito frequentemente e pelo menos durante 20 segundos.

É  DA  RESPONSABILIDADE   DE  CADA  UM  MANTER  A  DISTÂNCIA  DE  1,5M  DO  SEU INTERLOCUTOR  E  MANTER  A  HIGIENE  DAS  MÃOS 

Além disso:

  • Não tussa ou espirre sem tapar a boca e o nariz com um lenço ou na falta deste com o seu cotovelo
  • Não toque nos olhos ou no rosto sem previamente ter lavado bem as mãos.
  • Se acha que a "gripe" que está a ter é forte, contacte o seu médico

Se Estiver Constipado Fique Em Casa! Ninguém, mas ninguém deve expor o seu semelhante a um contágio, seja lá qual for. Uma "mania" dos portugueses é ir trabalhar constipado ou gripado. É a nossa maneira de ser. Só agora o povo caiu na realidade que a transmissão a grupos de pessoas imunologicamente frágeis pode levar à perda de vidas. Isto é um erro que vem de muitas gerações e os médicos colaboraram para esse erro, recusando-se a passar atestados para justificar faltas em caso de constipação... temos que ter a humildade de dar a mão à palmatória. Um atestado por 8 dias evita muitos contágios! Diz-se "não me digas que por estares com uma gripezinha faltas ao trabalho!!" por outro lado nas relações entre pessoas ouve-se: "não te aproximes muito, estou constipado", "não dou um beijinho porque estou constipado". Portanto sabe-se, há consciência de que vai haver contágio mas mesmo assim há a sensação de "fazer gazeta" por ficar em casa "com uma simples gripe ou constipação". SIMPLES PARA UNS... GRAVE PARA OUTROS! Desde há muitas gerações que estas frases são pronunciadas. Portanto o nosso povo SABE que o distanciamento fisico diminui a probabilidade de transmissão. É este conhecimento que devemos transmitir aos nossos filhos! SE ESTIVER CONSTIPADO, FIQUE EM CASA!!! É que no início não se distingue a constipação de uma gripe!!! AGORA, MAIS DO QUE NUNCA SUPLICO-VOS: SE ESTIVER CONSTIPADO, FIQUE EM CASA!!!

Referências:

https://www.folkhalsomyndigheten.se/smittskydd-beredskap/utbrott/aktuella-utbrott/covid-19/skydda-dig-och-andra/information-pa-olika-sprak/engelska/

https://www.folkhalsomyndigheten.se/the-public-health-agency-of-sweden/communicable-disease-control/covid-19-and-at-risk-groups/

Data: 
2 Nov, 2020
416 leituras